Menu

Depoimento do coronel Paulo Malhães, ex-agente do CIE – parte 1/2

18/12/2014 - Vídeos

Depoimento do coronel reformado do Exército, Paulo Malhães, ex-agente do Centro de Informação do Exército, que atuou em diversas missões de extermínio de opositores da ditadura e também na Casa da Morte. No depoimento, ele admite tortura, mortes, ocultações de cadáveres e mutilações de corpos.

Nesta parte, ele chama a Casa da Morte de Petrópolis de casa de conveniência e diz que objetivo da casa era tentar aliciar opositores para transformarem-se em informantes da repressão. Entretanto, ele não diz quantas vezes os agentes do CIE tiveram sucesso.

Importante: os membros José Carlos Dias e Rosa Cardoso estavam distantes do microfone e, sendo assim, a gravação do áudio das perguntas está baixa. É recomendado o uso de fones de ouvido para acompanhar todo o depoimento.

Data: 25/03/2014

Edição: Thiago Dutra Vilela (CNV)
Vinheta: Thiago Dutra Vilela (CNV)
Trilha Sonora da Vinheta: Gustavo Lyra (http://abre.ai/dayone)
Arte do canal: Paula Macedo e Isabela Miranda (CNV)
Captação de imagens e áudio: Empresa Brasil de Comunicação (EBC)

%d blogueiros gostam disto: